martins em pauta

Carregando...

domingo, 29 de março de 2015

Pau dos Ferros /RN: Polícia Militar intensifica policiamento na cidade

Domingo, 29 de março de 2015



Policias do 7º Batalhão de Polícia Militar (7º BPM), em ação conjunta com o 4º Distrito de Polícia Rodoviária Estadual (4º DPRE), intensificaram o policiamento ostensivo e preventivo na cidade de Pau dos Ferros, durante este sábado (28), com trabalho de abordagem a veículos, motocicletas e pedestres. Durante a ação, 60 pessoas foram abordadas e revistadas e 25 veículos vistoriados.


Fonte: Jair Sampaio

Mais informações: Bando responsável por assalto a bancos, (Veja vídeo) Itep de Caicó remove os sete corpos de bandidos mortos em confronto com a PM de Currais Novos /RN

Domingo, 29 de março de 2015








quando se depararam com os policiais. Foi então que abriram fogo e, a partir daí, teve início o confronto.

Nos veículos dos suspeitos, foram encontrados diversos explosivos e muitas armas de fogo de diversos calibres, 












 A polícia já esperava: Um confronte entre polícia e suspeitos de integrarem uma quadrilha de arrombamento de bancos deixou sete mortos, na madrugada deste domingo (29).

A ocorrência foi registrada na cidade de Currais Novos, por volta das 2h. Os criminosos entraram em confronto com policiais civis do Deicor e PMs do BOPE, mas levaram a pior.

A quadrilha, de acordo com a polícia, estava em dois carros. Eles trafegavam na BR 226, já na entrada de Currais Novos, quando se depararam com os policiais. Foi então que abriram fogo e, a partir daí, teve início o confronto.

Nos veículos dos suspeitos, foram encontrados diversos explosivos e muitas armas de fogo de diversos calibres, sendo pistolas, revólver e escopetas de calibre 12. Um homem foi capturado. Ele disse que era taxista e que estava sendo sequestrado pelo bando e que foi obrigado a dirigir um dos carros.


Portal BO / Jair Sampaio


Currais Novos RN: Deicor e BOPE trocam tiros com homens armados; pelo menos 7 morreram



Domingo, 29 de março de 2015



Policiais do Bope e da Divisão Especial de Investigação e de Combate ao Crime Organizado – DEICOR tiveram intenso confronto com assaltantes de banco na BR 226, entrada de Currais Novos. O fato se deu por volta das 2 horas da madrugada deste domingo (29). 

De acordo com as informações apuradas pelo Blog Sidney Silva, os homens que estavam em dois carros, quando viram os policiais abriram fogo. Houve o revide por parte dos policiais. No interior dos veículos, foram encontrados diversos explosivos e muitas armas de fogo de diversos calibres, sendo pistolas, revólver e escopetas de calibre 12. 

Um homem foi capturado. Ele disse que era taxista e que estava sendo sequestrado pelo bando e que foi obrigado a dirigir um dos carros. 

Um dos homens mortos foi identificado como Isaias. Ele já tem passagens pelo Presídio Alcaçuz. O documento que estava em seu poder, era falso. 

A Delegada Danielle Filgueira, deve se pronunciar ainda neste domingo, ou na segunda-feira, sobre o assunto.


Por Sidney Silva/Imagens disponibilizadas no Whatsapp




Fonte: O Câmera

Duas pessoas foram mortas no final da noite de ontem 28 de Março e madrugada de hoje, no interior do Rio Grande do Norte.

Domingo , 29 de março de 2015



O primeiro caso aconteceu no bairro Vertentes na cidade de Assú: um jovem conhecido até o momento apenas como “Nego Baé” foi surpreendido e morto no meio da rua José Tavares. Outra pessoa procurou socorro medico no Hospital local, ferido com um disparo no pé. A polícia de Assú não tem informação sobre a motivação e os possíveis acusados. 

O Segundo crime aconteceu por volta de 1 hora da manhã de hoje, 29, dentro de um Bar Top 10 no centro da cidade de Grossos. Antônio Frank Felipe da Rocha, 26 anos de idade, foi alvejado com disparos de pistola e morreu no local. 

Segundo informações o jovem estava no estabelecimento com alguns colegas, quando foi surpreendido e morto.

Informações: Focoelho/Facho de Grossos.



Fonte: O Câmera

Mega-Sena acumula e deve pagar R$ 25 milhões


Domingo , 29 de março de 2015



O concurso 1690 da Mega-Sena, sorteado neste sábado (28), não teve acertadores para o prêmio principal.

Veja as dezenas: 21 - 24 - 26 - 35 - 45 - 53.

A expectativa de prêmio para quem acertasse as 6 dezenas era de R$ 19 milhões. O sorteio foi realizado na cidade de Pirajuí (SP).

O próximo, que ocorrerá na quarta-feira (1º), tem estimativa de R$ 25 milhões, segundo a Caixa Econômica Federal (CEF).

Quina
Segundo a CEF, 63 apostas acertaram 5 números e vão levar R$ 42.636,38 cada uma. Outras 5.708 apostas assinalaram 4 dezenas sorteadas e poderão retirar R$ 672,26 cada uma.


Fonte: J.Belmont

Partidos políticos

Domingo, 29 de março de 2015


Por François Silvestre
imagem do Google

Não se pode imaginar uma sociedade democrática sem os partidos políticos. E o seu nome, partido, é autoexplicativo; isto é, parte de alguma coisa. Ou parte do inteiro.

O inteiro é a sociedade politicamente considerada; não apenas os segmentos do exercício político, mas todos. E nesse todo se incluem os incapazes de todas as naturezas e aqueles com cidadania suspensa por julgamento legal.

Diferentemente da empresa, a sociedade não é um agrupamento produtivo ou comercial. É o conjunto humano que ocupa um território, forma uma nação, possui idioma ou idiomas próprios, produz cultura ou culturas típicas, contém uma ordem legal e uma moeda consolidada.

Na empresa, o servidor que não produz é excluído. Na sociedade, não. O improdutivo, na sociedade, é tão dono do espólio social quanto o produtivo.


O Estado não se confunde com a sociedade. Ele é a representatividade política da sociedade. Mas não é a sociedade, que está acima dele; pelo menos teoricamente.

Nas ditaduras, o Estado se sobrepõe à sociedade. E o indivíduo perde a fronteira da individualidade. Nas ditaduras, sem partidos, o Estado aposenta a cidadania.

Lênin definia o Estado como resultado da luta entre classes antagônicas. E dessa luta nasce o Estado como instrumento da classe dominante. Essa visão leninista, hoje, repousa no limbo do universo teórico.

Muito desse descaso dá-se pelo fracasso da União Soviética, que teoricamente negava o Estado, porém formava um Estado violentamente totalitário. O resultado foi o stalinismo, símbolo da negação do Comunismo.

Na conceituação de Maurice Duverger o Partido Político tem como fim precípuo o Poder. Sem esse objetivo, o partido perde o objeto.

E é nesse aspecto que o partido se distingue dos grupos de pressão. Os grupos de pressão pressionam o poder, mas não o buscam. As igrejas, os sindicatos, as Ongs, a Maçonaria, as associações de classe são exemplos de grupos de pressão.

Desse conceito de Duverger, podemos afirmar que o Brasil possui muitos “partidos” que não se configuram na definição partidária. São agremiações, impropriamente chamadas de partidos, organizadas cartorialmente para buscar amparo nas sombras do Poder.

Negociam apoios, horários de propaganda na mídia, cargos, votos no parlamento. São hóspedes do poder, parasitas da hospedaria.

Da mesma forma que não há democracia sem partidos, pode-se afirmar também que não pode haver consistência democrática com excesso de “partidos”. Nem partidos são. São clubes políticos a serviço de negociatas nas fronteiras quase invisíveis entre o público e o privado.

Partidos políticos e Ministérios do Executivo empanzinam o Brasil. Qualquer “reforma” que não mexa nesse vespeiro será apenas mais uma farsa. Até porque não temos tantas configurações ideológicas ou doutrinárias que os justifiquem.

Té mais.

François Silvestre é escritor



Fonte: Carlos Santos 

Paulo Paim: ‘Governo pune trabalhador mas não cuida da corrupção’


Domingo, 29 de março de 2015

Palavra de petista: 
Senador gaúcho afirma que a população foi ‘enganada” e ameaça deixar o PT se o Congresso aprovar as propostas para mudar benefícios trabalhistas


Petista histórico, o ex-deputado constituinte e senador Paulo Paim (RS) está prestes a deixar o partido a que se filiou há 30 anos. Ele intergra a lista de pelo menos 16 senadores que apresentaram recentemente ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) consultas sobre regras de migração partidária. Mas, ao contrário das motivações político-eleitorais que regem os interesses, por exemplo, da senadora Marta Suplicy (PT), que pretende disputar a prefeitura de São Paulo, Paim admite se filiar ao PMDB, PDT ou PSB e até mesmo fundar uma nova sigla se o governo insistir em aprovar, no Congresso Nacional, medidas que endurecem as regras para concessão de benefícios trabalhistas – como seguro-desemprego, pensão por morte e seguro-defeso. Para o senador, a população se sente “enganada” pelo governo, que nas eleições de outubro prometera manter intactas as conquistas previstas em lei. “Em vez de aumentar a fiscalização contra a corrupção, o trabalhador é mais uma vez chamado para pagar a conta”, diz. Leia a entrevista ao site de VEJA.

Como o senhor pretende atuar nas duas medidas provisórias que afetam os direitos dos trabalhadores? Eu fiquei constrangido e perplexo com as duas medidas provisórias que tiram direito dos trabalhadores. E essa não é uma reação só minha, é de todas as centrais, de todas as confederações, sindicatos, associações de trabalhadores, que não concordam com o que o governo fez. Sou o último dos parlamentares do PT que participou da Constituinte e hoje ainda está em atividade, sempre em uma linha de coerência. Como é que a essa altura do campeonato eu vou votar contra pescador, contra a viúva, contra o trabalhador desempregado? Não tem sentido. Não tem como mexermos nesses direitos trabalhistas.

O governo alega que são apenas correções e não supressão de direitos adquiridos. Claro que sou a favor de medidas moralizadoras. Mas a questão é ampliar a fiscalização, cruzar os dados nesses tempos de tecnologia para detectar as irregularidades. A gente sabe que dá para fazer. Podemos combater casos específicos de irregularidades, mas não fazer como o governo, mudar a lei e diminuir o valor dos benefícios dos trabalhadores. Não podemos aceitar que o governo use a desculpa de moralizar quando na verdade quer trazer prejuízo para o conjunto dos assalariados brasileiros e aposentados. Está aí o PIB de 0,1%. Em época de recessão, todos sabemos que o desemprego está aumentando. No Rio Grande do Sul, mais de 22.000 trabalhadores no polo naval foram demitidos. Como vou aceitar essa nova quarentena para o seguro-desemprego quando sabemos que a alta rotatividade é real?

Por que acha que a presidente Dilma decidiu editar as MPs contra os trabalhadores? Essas MPs vão na contramão de tudo que pregamos ao longo de nossas vidas. A base está, de fato, constrangida. Talvez a máquina do governo não quis enfrentar um outro debate, que é reforma tributária profunda para que de fato quem ganhe mais pague mais. Mas nesse país parece que é tudo ao contrário. Poderíamos ter enfrentado o debate de aumentar a fiscalização, mas o governo Dilma foi pelo caminho mais fácil. Poderíamos discutir como tributar fortunas, uma proposta defendida até pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Deveríamos chamar os empresários, os trabalhadores, a base do governo, a oposição e dialogar sobre esses temas.

A presidente Dilma então optou por punir os trabalhadores? Não usaria esse termo. Conheço Dilma há mais de 30 anos, como conheço o Lula há mais de 30 também. Na minha primeira candidatura à Presidência do sindicato dos metalúrgicos, a presidente Dilma e o então marido dela Carlos Araújo me ajudavam a entregar boletim na porta de fábrica. Por isso, não consigo assimilar que ela tenha optado por essas medidas contra os trabalhadores. Acho que o núcleo duro dentro do governo, liderado pelo ministro da Fazenda Joaquim Levy, ganhou o debate interno e defende esse lado, que nos preocupa muito.

O senhor manifestou interesse de deixar o PT por causa do pacote de ajuste fiscal? Nos debates internos do PT me disseram que, como eu discordava tanto do pacote antitrabalhador, eu deveria sair do PT. Se tiver que sair, eu saio mesmo, não tem problema nenhum. Não vou votar contra aquilo que eu escrevi durante toda a minha vida. O PT também escreveu esse discurso a favor do trabalhador durante toda a vida e agora mudou. Se não houver negociação, eu não tenho outro caminho a não ser deixar o PT. Será meio que natural, como as águas do rio irem em direção ao mar A luta interna no PT é muito forte e muito dura. Se o Lula, com toda a popularidade que tinha na época, negociou a reforma da Previdência no seu governo e acabou concordando em votar um texto alternativo que ficou conhecido como PEC Paralela, por que nesse momento de crise a gente não negocia?

Que consequências projeta para a imagem do governo caso as medidas sejam aprovadas e diminuam os direitos do trabalhador? Ainda que o governo ganhe e consiga emplacar as medidas de ajuste fiscal, isso vai ser um tiro no pé. O povo humilde, que já está indignado, quando vir que o próprio Congresso consolidou esse desastre, vai se rebelar e alguém vai ter que pagar a conta politicamente. E quem vai pagar são todo o Congresso e os partidos aliados. Como vão explicar que votaram contra o trabalhador? Não tem como explicar.

Principalmente diante da promessa nas eleições de não mudar os direitos trabalhistas. Isso é fato e é real. Com essas medidas, o governo está se voltando contra eleitores que o apoiaram. E não tenho nenhuma dúvida de que essa fatia da população pode engrossar os protestos de rua marcados para 12 de abril. Sou um defensor da democracia, mas estamos colocando o próprio regime em xeque com medidas que não cabem.

Como o senhor avalia a situação do governo, que quer rever os benefícios trabalhistas ao mesmo tempo em que tem de lidar com escândalos de corrupção? Nesse escândalo do Carf, por exemplo, estimam fraudes de 19 bilhões de reais. Devemos combater a impunidade e a corrupção e aprovarmos uma lei dura para que aquele que roubou dinheiro da saúde, da educação e da habitação, além de condenações de cadeia, seja penalizado a devolver pelo menos o dobro do que roubou. Temos que assustar os corruptos. Já apresentei emenda à Constituição para tornar o crime de corrupção inafiançável e sem prescrição. Veja esse escândalo da Petrobras. Todos nós, em sã consciência, temos obrigação de exigir que se aprofunde a investigação doa a quem doer. Quem se apropriou do dinheiro público vai ter que responder pelo que fez. Será que cortar o 14º salário a pessoas que ganham até dois salários mínimos é o que dá o impacto negativo nas contas da Previdência? Ou são os bilhões e bilhões que são desviados em escândalos de corrupção? Em vez de aumentar a fiscalização, o trabalhador é mais uma vez chamado para pagar a conta.

O senhor acha que o eleitor vai se insurgir contra essas medidas? O governo vai ficar em uma situação muito difícil se não buscar uma saída negociada nessas medidas trabalhistas. Queiramos ou não, a população se sente enganada. Essa população que tanto nos apoiou e que sempre votou no PT se sente enganada. Vai ser muito ruim e o reflexo vai ser já nas eleições do ano que vem, com o povo rejeitando os políticos que ele vincula a este governo. Seria muito mais fácil eu ficar quietinho no meu canto vendo a tempestade passar e dar uma de avestruz, mas aí o povo vem e dá um chute na bunda. É o que vai acontecer.

Fonte: www.veja.com.br/ Carlos Skarlack

Crise de água e o caos anunciado

Domingo, 29 de março de 2015


Por Carlos Duarte

No Dia Mundial da Água, em 2015, o mundo não tem o que comemorar. Sobram preocupações e previsões nada animadoras. No decorrer da semana a ONU divulgou que o planeta pode ter somente 60% da água que precisa em 2030.

Na verdade, esse novo relatório global sobre o desenvolvimento dos recursos hídricos ratifica o caos anunciado de uma crise de água, que já começou a produzir seus efeitos com consequências catastróficas para a humanidade.

Sob o ponto de vista da economia, a água é um pré-requisito importante e um recurso fundamental para o desenvolvimento sustentável, que está se tornando, cada vez, mais escasso. Por sua relevância de demanda e redução de oferta projetada, a água deverá se tornar um bem precioso e muito caro no futuro, dado a sua amplitude em toda cadeia produtiva e na vida cotidiana.


Por isso, a gestão de água deverá delinear novas metas de desenvolvimento sustentável que garantam a proteção dos recursos hídricos como um todo e não, apenas, o acesso à água potável e ao saneamento.

A água potável representa um consumo mundial ínfimo de 2 a 3 litros de água por dia, quando comparada, por exemplo, com a produção de alimentos que exige cerca de três mil litros per capita diariamente. À medida que a população for aumentando, a agricultura deverá produzir mais alimentos, enquanto a indústria e o setor de energia também deverão aumentar a demanda por água. Se nenhuma providência for tomada urgentemente, o suprimento global de água terá um déficit de 40% já em 2030.

O efeito exponencial deverá se agravar até 2050, quando a indústria poderá estar consumindo quatro vezes mais do que o consumo do ano 2000.

Esse cenário aponta que a economia global terá que mudar para formas econômicas que consumam recursos menos intensivamente. Para que isso aconteça é imprescindível que os gestores públicos se sensibilizem com o problema da distribuição hídrica, transferindo as decisões para a alçada de técnicos competentes, especialistas em água ou gestores de recursos hídricos comprometidos com o desenvolvimento sustentável numa articulação com diferentes setores, ministérios e instituições de governo.

De acordo com a Declaração Universal dos Direitos da Água, “a água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo” (art. 6º); “A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social” (art. 9º).

Atualmente, estima-se que 20% da população mundial não tenha acesso à água limpa e, segundo a UNICEF, cerca de 1400 crianças menores que cinco anos de idade morrem todos os dias em decorrência da falta de água potável, saneamento básico e higiene. O caos já começou.

Carlos Duarte é economista, consultor ambiental e de Negócios. além de ex-editor e diretor do jornal Página Certa



Fonte: Carlos Santos

Suspeito de atear fogo em alternativo na Grande Natal é encontrado morto


Domingo, 29 de março de 2015


G1/RN – O corpo de jovem de 21 anos, identificado como Francisco Canindé da Silva, de 21 anos, foi encontrado com marcas de tiros no final da tarde deste sábado (28) em Parnamirim, na Grande Natal. Segundo a Polícia Militar, o rapaz é um dos suspeitos de ter ateado fogo em um alternativo no dia 16 deste mês, quando o transporte público da Grande Natal foi alvo de ataques incendiários. Ainda segundo a PM, a família informou que Francisco Canindé estava sumido desde a tarde da quinta-feira, dia 26.

O corpo foi encontrado pelo irmão da vítima em um terreno de mata fechada no bairro de Cajupiranga. O jovem usou um cachorro nas buscas pela região. Ainda de acordo com a polícia, Francisco Canindé já havia cumprido pena por tentativa de homicídio.



Fonte: Robson Pires

Renan adia ida de Henrique Alves para o Ministério do Turismo

Domingo, 29 de março de 2015



O Estado de S. Paulo destaca que, insatisfeito com a perda de influência na Esplanada, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), foi o responsável por segurar a ida para do ex-presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) para o Ministério do Turismo. Embora a nomeação de Henrique Alves seja considerada certa pelo Palácio do Planalto, o atual ministro do Turismo, Vinícius Lages (PMDB), é um afilhado político de Renan, que ainda não deu o aval para a troca.

Deputado federal por onze mandatos consecutivos e derrotado na eleição para o governo do Rio Grande do Norte no ano passado, Henrique Alves deve ir para a Esplanada por ser aliado próximo do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Mas, para colocá-lo no Turismo e desalojar Lages, Dilma precisa contemplar Calheiros com mais espaço. O presidente do Senado e seus aliados do PMDB trabalham para emplacar um nome no Ministério da Integração Nacional, pasta com grande capilaridade no Nordeste, mas que hoje é comandada pelo PP, que está enfraquecido por ser a legenda com o maior número de representantes investigados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no âmbito da Operação Lava Jato.



Fonte: Robison Pires

Escolha de Henrique racha PMDB, diz colunista

Domingo, 29 de março de 2015

Deu no Cláudio Humberto:


A escolha de Henrique para o cargo de ministro do Turismo objetiva “rachar” o PMDB. A reação de Renan mostra que a jogada deu certo.

PASSOU RECIBO

Irritado, Renan ignorou os insistentes apelos de Henrique Alves por seu “aval”. “Para quê? Não precisa, é uma escolha da presidente”, disse.

Eleições 2016: jogo sem regras definidas

Domingo, 29 de março de 2015



As Eleições 2016 já bateram à porta dos pré-candidatos, mas o Congresso Nacional ainda não definiu completamente as regras do jogo. Reeleição ou prorrogação de mandato? O cenário ainda é obscuro.



Fonte: Robson Pires

Traição: entenda os sentimentos de quem descobre que foi traído

Domingo, 29 de março de 2015


Branca de Neve, Cinderela e a Bela Adormecida nunca traíram nem tampouco foram traídas por seus príncipes encantados. Os contos de fada nos levam a acreditar que o casamento é a garantia da eterna completude, a segurança incondicional acima dos desgastes e armadilhas inerentes ao relacionamento amoroso. Os personagens de contos de fada jamais passaram por aflições como as que escuto no consultório quando alguém descobre que foi traído(a). O relato, independentemente do gênero, passa pela ideia insuportável de pensar o parceiro feliz nos braços de outra pessoa. É comum sentir a boca seca, falta de raciocínio lógico, angústia inominável e a sensação de que não pode ser verdade. Não raras vezes, os pacientes relatam a sensação de que ao perder o ser amado o que se perde não é apenas o outro, mas a si mesmo. A perplexidade em constatar que ao invés de serem dominados pelo ódio o que sentem é um amor ainda maior pelo parceiro. Mais insuportável do que saber da traição é a ideia de perder o amor do parceiro. A infidelidade, desencadeadora de muitos conflitos e rupturas nas relações, é um dos fatores que leva as pessoas a buscar ajuda terapêutica com urgência. A dor de ser traído é, ao lado do luto, um dos maiores sofrimentos de que padece o ser humano, pois faz a inclusão de um terceiro no enredo do casal e inaugura a triste descoberta de que a pessoa amada é capaz de fazer com outra pessoa uma aliança da qual estamos excluídos.

Amor e sexo: A psicanálise coloca em evidência o fato de que há uma dissociação entre duas correntes, uma afetiva e outra sexual, levando muitas vezes uma pessoa a amar quem não deseja e a desejar quem não ama. Em nossa sociedade, estamos acostumados a pensar amor e desejo como sentimentos que coincidem, mas não necessariamente: é possível amar sem desejar e desejar sem amar. Constatamos na clínica que em muitos casos, o amor longe de fomentar o desejo, muitas vezes o inibe, ou seja, quanto mais se ama, menos se deseja. Quem nunca passou pela experiência de no início do relacionamento, onde ainda não havia amor, dado que a construção do amor exige tempo, praticar um sexo quente e selvagem com o parceiro e ao longo do relacionamento, apesar do crescimento do amor o sexo se transformar em algo morno, mecânico e quase protocolar? Enfim, conservar o equilíbrio entre sexo e amor numa relação ao longo dos anos mostra-se como uma tarefa difícil. A terapia, seja individual ou de casal, de algum modo pode lançar luz sobre algumas questões sombrias que afetam e perturbam o desenrolar dos relacionamentos. Há sempre uma possibilidade da pessoa se reposicionar na relação com o outro, extraindo dessa experiência uma convivência mais sadia, menos conturbada, sem perder de vista também que não existe relação sem conflitos. Não há como não sofrer frente aos desequilíbrios das relações, mas há como sofrer menos.

Enfim, o campo de exploração é fértil e complexo, mas com ajuda profissional pode-se levar o casal a se reencontrar caso haja desejo de continuidade na relação, lembrando que, em alguns casos, não adianta mudar de parceiro (a), já que o fio desencadeador dos conflitos está com a pessoa, exigindo ser falado e elaborado para que ele não se reproduza cegamente no interior das relações. A terapia pode oferecer saídas, ofertando a escuta analítica para que a pessoa possa reorganizar os seus conflitos pelas vias dos processos de ressignificação e elaboração. Ser traído é uma das experiências mais dolorosas para o ser humano, pois não apenas a fidelidade fica perdida mas também a lealdade é posta em questão, não há como não se magoar profundamente. Como dizia W. Shakespeare: "A mágoa altera as estações e as horas de repouso, fazendo da noite dia e do dia noite".

Em nota, ministro da Fazenda nega ter criticado Dilma Rousseff


Domingo, 29 de Março de 2015 


Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Após repercussão das declarações emitidas durante uma palestra para alunos da Universidade de Chicago, em São Paulo, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy negou, na noite deste sábado (28), que tenha feito criticas à presidente Dilma Rousseff (PT). Diante de estudantes da universidade onde se graduou Ph. D., Levy disse que a presidente Dilma Rousseff nem sempre faz as coisas da maneira mais eficaz, ou da maneira mais fácil, apesar de ser bem intencionada. Trechos da fala e do áudio, em inglês, foram reproduzidos em reportagem do jornal Folha de S. Paulo. Em nota enviada à imprensa, o ministro contextualizou as declarações. "Os elementos dessa fala são os seguintes: aqueles que têm a honra de encontrarem-se ministros sabem que a orientação da política do governo é genuína, reconhecem que o cumprimento de seus deveres exige ações difíceis, inclusive da Exma Sra. Presidente, Dilma Rousseff, e eles têm a humildade de reconhecer que nem todas as medidas tomadas têm a efetividade esperada”, explicou. O texto também acrescenta que, durante a fala na universidade, o ministro procurou transmitir os principais pontos e a importância de se executar um ajuste econômico diante da evolução da economia global e exigência de crescimento no Brasil. O episodio ganhou repercussão nas redes sociais e também entre os oposicionistas. "Essa declaração demonstra que ninguém consegue conviver com a presidente Dilma. Ela obriga as pessoas a serem subservientes. O ministro confirma aquilo que sempre pontuamos" disse o senador Ronaldo Caiado (GO), líder do Democratas. Segundo o jornal O Globo, a presidente Dilma Rousseff (PT) foi informada das declarações de Levy por volta das 18h, antes da nota de explicação ser divulgada.

Avião particular de empresários de Brumado faz pouso forçado

Domingo, 29 de março de 2015

 Letícia Oliveira 


Um avião de pequeno porte de uma família de empresários da cidade de Brumado fez um pouso forçado em uma mata na região da Serra da Ibiapaba, na cidade de Garaciaba do Norte, na divisa entre os estados do Ceará e do Piauí. As primeiras informações dão conta de que não há feridos e que a aeronave teria sofrido uma pane no ar, obrigando o piloto a realizar um pouso de emergência. (Brumado Notícias)

Veja 6 alimentos que devemos evitar antes do sexo


Domingo, 29 de março de 2015




Você sabia que existem alimentos que devemos evitar para que a performance no sexo não fique comprometida? Ao menos é o que indica um artigo publicado recentemente no jornal britânico Daily Mail, que revelou quais alimentos que são capazes de afetar o nosso corpo de uma forma negativa no quarto.

Existem alimentos que devemos evitar?

Segundo especialistas, comer alguns tipos de alimentos pode afetar o nosso desejo sexual tanto de uma maneira positiva como negativa. É por isso que, geralmente, vemos a indicação de vários deles como afrodisíacos, ou seja, que exercem influência no desejo sexual. O jornal britânico, todavia, afirma que além desses alimentos, há os antiafrodisíacos, que também têm um papel importante na cama – só que negativo e desagradável. A especialista Elouise Bauskis explica que, por mais que alguns alimentos sejam ótimos para a saúde e que devamos consumi-los regularmente, é possível que eles apresentem reações adversas, não desejadas entre os lençóis. Descubra mais sobre eles a seguir. 

Alimentos que devemos evitar antes do sexo

1. Alcaçuz 

O alcaçuz é um dos alimentos que devemos evitar antes do sexo, já que sua ingestão tem sido associada a níveis mais baixos de testosterona. Quanto mais elevado o nível de testosterona, mais forte será o desejo sexual, tanto para homens quanto para mulheres. 

2. Queijo

O queijo é visto como um assassino da libido. Isso porque os produtos lácteos podem causar constipação, além de serem produtores de muco, razão pela qual não propiciam boas sensações para quem quer fazer sexo. 


3. Feijão


Segundo a nutricionista consultada pelo jornal Daily Mail, o feijão é capaz de ter um efeito diferente em cada pessoa. Enquanto algumas delas sentem-se cheias de energia após uma refeição com feijão, outras sentem-se fracas ou, na pior das hipóteses, inchadas e até mesmo percebem aumento na flatulência. Então, é melhor marcar o grão como um dos alimentos que devemos evitar antes do sexo. 


4. Cachorro-quente


Os altos níveis de gordura saturada de uma salsicha podem entupir as artérias vaginais e penianas, de acordo com a especialista britânica. Todos os alimentos processados não são benéficos para a libido, pois são capazes de causar sensação de fraqueza e falta de energia. 

5. Hortelã

Você aposta em uma balinha de hortelã para manter o hálito fresco durante o namoro? Se pretende ir para a cama, é melhor excluir esse hábito. A hortelã ajuda a reduzir os níveis de testosterona, diminuindo seu desejo sexual. 

6. Brócolis

O brócolis contém açúcares semelhantes aos do feijão e, para digeri-los, o seu corpo vai precisar usar bactérias, liberando metano, ou seja, gases. Além disso, ele é um dos alimentos que devemos evitar antes do sexo, já que é rico em fitoquímicos, que diminuem o excesso de estrogênio no organismo. 

O que é melhor consumir antes do sexo?

Além dos alimentos que devemos evitar, também é possível consumir outros capazes de beneficiar a sua vida sexual. É o caso dos alimentos que aumentam o nível de dopamina no organismo. Para isso, é essencial comer proteínas, porque essas contêm aminoácidos, que são convertidos em neurotransmissores no cérebro. Carnes são a principal fonte de proteínas. Outras especiarias também aumentam os níveis de dopamina, como o manjericão, a pimenta do reino, a pimenta caiena, o gengibre, as sementes de mostarda, o alecrim, as sementes de gergelim e o açafrão.

Galpão em construção é atingido por incêndio em Feira de Santana

    Domingo, 29 de Março de 2015 


Galpão em construção é atingido por incêndio em Feira de Santana
Foto: Acorda Cidade
Um galpão de uma loja de calçados pegou fogo durante a tarde deste sábado (28) na cidade de Feira de Santana. De acordo com informações do site Acorda Cidade, 33 pessoas estavam trabalhando no local quando faíscas de solda atingiram telas sanduíche, que são compostas por espuma, e iniciaram o incêndio. No galpão seria feira a ampliação da loja de calçados. O imóvel fica localizado entre uma casa comercial e uma agência do Banco Santander. Também de acordo com o Acorda Cidade, o Corpo de Bombeiros está no local e ainda não há informações sobre feridos.



Ataque do Boko Haram mata pelo menos 15 pessoas em dia de eleição na Nigéria


Domingo, 29 de Março de 2015 

Foto: AFP

Um ataque do grupo extremista Boko Haram matou pelo menos 15 pessoas neste sábado (28) na Nigéria. Bombas explodiram perto de postos eleitorais e mataram um político da oposição, segundo o G1. Neste final de semana acontece a primeira disputa eleitoral no país desde o final do regime militar, em 1999. O candidato da oposição é cotado para vencer o pleito contra o atual presidente Goodluck Jonathan e por isso já existia um temor de que pudessem acontecer ataques. Ainda de acordo com o G1, em diferentes cidades nigerianas pessoas foram baleadas enquanto aguardavam na fila para votar. Em seis anos, o Boko Haram já matou mais de 13 mil pessoas, principalmente no norte da Nigéria. Desde o começo da votação eram registros ataques do grupo radical.

Preguiça da CPI da Petrobras espanta, diz deputado federal



Domingo, 29 de Março de 2015


por Fábio Brandt | Estadão Conteúdo

Foto: Divulgação

Integrante da CPI aberta pela Câmara para investigar o escândalo de corrupção da Petrobras, o deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) afirmou que a comissão tem tomado depoimentos inúteis, que nada acrescentam à investigação, em lugar de convocar pessoas que, segundo ele, poderiam acrescentar informações novas. "A preguiça dessa CPI me espanta. Ouvir a Graça Foster ex-presidente da Petrobras durante um dia todo foi de uma inutilidade... Podia ouvir o Júlio Camargo, o próprio Alberto Youssef, o Milton Pascowich e o próprio Antonio Palocci", afirma o deputado, em referência a pessoas que a comissão não convocou e estão sob investigação na Operação Lava Jato. Para ele, PMDB, PSDB e PT estão evitando convocar pessoas que possam comprometer as legendas em seus depoimentos. Nesta semana, Valente afirma que vai insistir nas convocações que propôs e também na convocação de Palocci, ex-ministro da Casa Civil no primeiro governo de Dilma Rousseff. Neste sábado, a revista "Isto É" publicou uma reportagem dizendo que consultorias do ex-ministro para empresas que têm contratos, diretos ou indiretos, com a Petrobras teriam sido usadas para desviar R$ 100 milhões da estatal para o PT. "Vamos também ativar essa convocação. Vamos insistir no Palocci, vamos ver", afirma o deputado. Autora de um dos requerimentos de convocação de Palocci, a deputada Eliziane Gama (PPS-MA) afirma que partidos da base do governo têm evitado não só essa convocação como também a de José Dirceu, que foi ministro da Casa Civil de Lula. "Nós, partidos de oposição que integramos a CPI, precisamos insistir na aprovação desses requerimentos", diz a deputada. Ex-ministra do governo Dilma e também integrante da CPI, a deputada Maria do Rosário (PT-RS) afirma que "a oposição perdeu a referência do que é razoável" e que a CPI está sendo usada como um palco de disputa política. "Investigação mesmo está sendo feita pela PF e pelo Ministério Público. Ali na CPI, é só discurso". A deputada nega que o PT tenha feito acordo com PMDB e PSDB para evitar convocações incômodas.

Joaquim Levy diz que Dilma Rousseff nem sempre faz as coisas do jeito mais eficaz


Domingo,  29 de Março de 2015 


Foto: Valter Campanato / Agência Brasil

O ministro da Fazenda Joaquim Levy disse em um evento na Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, que a presidente Dilma Rousseff nem sempre faz as coisas da maneira mais eficaz, ou da maneira mais fácil. No entanto, ele ressaltou ao público que ela não deixa de ser bem intencionada. A declaração foi obtida pela Folha de S. Paulo e é a primeira em que o ministro faz uma crítica direta à presidente. “Acho que há um desejo genuíno da presidente de acertar as coisas, às vezes, não da maneira mais fácil...Não da maneira mais efetiva, mas há um desejo genuíno”, afirmou. A Universidade de Chicago é onde Levy se graduou Ph.D. e a declaração foi dada em um encontro de clima informal com ex-alunos da instituição.

sábado, 28 de março de 2015

Fotos de padre nu vazam na internet e ele é afastado do sacerdócio

Domingo, 29 de março de 2015

Anacley Souza

Os moradores da pequena cidade de Miracema, no Noroeste Fluminense, foram surpreendidos nesta semana, quando fotos do antigo padre da cidade vazaram através do WhatsApp, aplicativo de troca de mensagens pela internet. O que chocou a população foi o fato do sacerdote, de cerca de 40 anos, estar posando nu nas "selfies". De acordo com o Bispado da Diocese de Campos dos Goytacazes, as fotos teriam sido divulgadas por uma mulher que se relacionava com o padre pelas redes sociais. O Bispado informou, na tarde deste sábado (28), o afastamento do padre. Ainda de acordo com o Bispado, o padre disse que chegou a manter relação com uma mulher e declarou que o contato aconteceu de três a cinco vezes, apenas, através de redes sociais. Segundo o depoimento do padre aos seus superiores, o vazamento da foto teria sido uma armadilha para manchar sua imagem. Os fatos ainda estão sendo apurados pela Diocese mas a suspensão do serviço do padre é certa. "Estamos investigando a gravidade do assunto, mas apenas o ato dele ter tirado a foto já é matéria contra o mandamento da Igreja Católica, constitui crime e exige punição", esclareceu o Bispado em entrevista ao G1, mencionando que a mulher não se manifestou e as provas são, até o momento, a foto que circula nas redes sociais, além do depoimento do padre. Segundo um membro da igreja de Natividade, que quis ter o nome em sigilo, o padre estava à frente da igreja da cidade há apenas duas semanas. Ele assumiu a função após a morte do pároco local. Até então o mesmo exercia suas funções na matriz de Miracema, onde as fotos andam circulando. (G1)

Grupo invade Miguel Calmon /BA, atira pelas ruas, explode bancos e rouba cofre em 30 minutos

Sábado, 28 de Março de 2015 


Foto: Raíza Araújo e Emerson Gomes/Divulgação

Cerca de 20 homens fortemente armados e a bordo de três veículos explodiram duas agências, uma do Banco do Brasil e a outra do Bradesco, por volta das 2h50 da madrugada deste sábado (28), na cidade de Miguel Calmon, a cerca de 300 quilômetros de Salvador. Segundo informações da delegacia da cidade, os suspeitos se distribuíram e atiraram contra ruas do município. Após o atentado contra as duas unidades, que durou cerca de 30 minutos, os suspeitos levaram um cofre de uma das agências e o explodiram junto com um dos carros, durante a fuga, em uma estrada de terra, mas ninguém ficou ferido. Uma quantia em dinheiro foi levada pelos criminosos, mas o valor ainda não foi divulgado. As polícias Civil e Militar fazem rondas na região para localização dos suspeitos. Até por volta das 9h30 ninguém havia sido preso, informa a polícia.

Quem ainda não foi convocado não vai à Copa América, diz Dunga


Sábado, 28 de Março de 2015 


por Andrei Netto | Estadão Conteúdo

Foto: Rafael Ribeiro / CBF

Quem já foi chamado para a seleção brasileira após o fim da Copa do Mundo ainda pode ir ao Chile. Quem não foi, não vai participar da Copa América. A informação foi dada neste sábado por Dunga, na véspera do jogo amistoso contra a seleção chilena, último confronto antes da convocação de maio para o torneio continental. Segundo o treinador - que em 2010 deixou Neymar e Paulo Henrique Ganso fora da lista para a Copa do Mundo, apesar do clamor popular -, competição não é a hora de fazer experiências. A declaração foi a mais enfática feita pelo técnico durante a atual turnê europeia da seleção brasileira. Na quarta-feira, Dunga havia confirmado que já tinha a base da equipe na cabeça. Não chega a ser um mistério, já que em todos os sete amistosos realizados até aqui desde que reassumiu o posto após a Copa do Mundo o treinador escalou uma mesma base, formada por Neymar, Oscar, Willian, Luiz Gustavo, Filipe Luís e Miranda. A novidade é que, antes mesmo do amistoso contra o Chile, Dunga já demonstra não está disposto a abrir exceções e chamar quem não tem participado de suas convocações anteriores. "A Copa América é uma competição e vamos colocar os jogadores que estavam em outras convocações", informou. Para Dunga, quem nunca jogou na seleção vai ter de esperar a oportunidade para ser chamado no futuro, após o torneio que será disputado no Chile. Conforme o treinador, a história da seleção brasileira mostra que jogadores que nunca vestiram a camisa amarela, ou que jogaram "dois ou três jogos", "dificilmente dão certo em uma competição". "Uma competição não é hora de se fazer testes", afirmou. Além dessa convicção, pesa na decisão de Dunga o nível da próxima Copa América. Com seleções como Argentina - vice-campeã do mundo -, Uruguai, Chile e Colômbia em alta, a expectativa é de um torneio difícil, do qual devem participar os jogadores que vêm atuando. "Vai ser uma das Copas América mais difíceis. O Chile vem crescendo muito nos dois últimos mundiais e fez um excelente mundial no Brasil", entende.

Tangará /RN: Ministério Público vai investigar contratos firmados pela prefeitura


Sábado, 28 de março de 2015



O promotor de Justiça de Tangará, Lenildo Queiroz Bezerra, vai apurar denúncias “exorbitância no valor de contratos celebrados para o abastecimento da frota veicular” da prefeitura daquele município com combustíveis.

Lenildo Queiroz solicitou ao Poder Executivo, no prazo de quinze dias, cópias do “registro de preço para a aquisição de combustíveis para a frota de veículos do município de Tangará”, além de “contratos dele decorrentes e dos correspondentes empenhos e processos de liquidação e pagamento, nos quais deverão constar as ordens de serviços e todos os documentos relativos à conciliação bancária dos pagamentos efetuados”.



Fonte: Robson Pires

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055

Recomende